​Mozart de Araújo Cadeira n° 30
Fundador ​João Batista Julião
     
1° Sucessor 2° Sucessor Acadêmico atual


José Mozart de Araújo foi musicólogo, professor e historiador. Nasceu na antiga Vila de Campo Grande, hoje Guaraciaba do Norte, Ceará, em 25 de janeiro de 1904. Em 1913 começou a estudar violão e cavaquinho com o pai, o coronel Lucas Araújo. Aprendeu também a tocar flauta e ingressou na banda de música de Itapipoca. Transferiu-se para Fortaleza, onde concluiu os estudos secundários no Liceu do Ceará. Em 1925 partiu para Belém do Pará, para estudar Medicina. Em 1928 partiu para o Rio de Janeiro, onde conheceu Pixinguinha, João Pernambuco, Villa-Lobos e Francisco Mignone. Abandonou a medicina e passou a se dedicar à música.

No Rio de Janeiro trabalhou na Rádio Clube do Brasil e na Rádio Mayrink Veiga. Em 1939 ingressou no serviço público como assistente técnico do Ministério da Agricultura. Foi nomeado diretor do Serviço de Radiodifusão Educativa, Rádio MEC, em 1958. Criou o programa Música e Músicos do Brasil e preparou o decreto de criação da Orquestra Sinfônica Nacional. Foi vice-presidente da Orquestra Sinfônica Brasileira e membro do Conselho de Música Erudita do Museu da Imagem e do Som do Rio de Janeiro. A partir de 1969 dirigiu a Revista Brasileira de Cultura, onde assinou artigos sobre música brasileira. Aposentou-se em 1974 e no ano seguinte assumiu a presidência do Clube do Choro, onde produziu shows, gravações e concursos de choro.

Como pesquisador publicou A Modinha e o lundu no século XVIII, editado em São Paulo, pela editora Ricordi Brasileira, em 1964, além de grande quantidade de artigos em jornais e revistas especializadas. São especialmente importantes os trabalhos sobre os compositores Sigismund Neukomm e Ernesto Nazareth. Uma coletânea de seus artigos foi publicada por Vicente Salles pela Universidade Estadual do Ceará em 1994, sob o título Rapsódia Brasileira: textos reunidos de um militante do nacionalismo musical.
Durante sua vida reuniu grande quantidade de manuscritos e edições raras de música brasileira desde o período colonial, que se encontram hoje na Coleção Mozart Araújo do Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio de Janeiro.

Ingressou na Academia Brasileira de Música em 1962 e faleceu no Rio de Janeiro, em 23 de junho de 1988.
Rua da Lapa, 120/12º andar - Lapa - 20021-180 - Rio de Janeiro - RJ / Brasil
Telefones (55) (21) 2292-5845 / 2221-0277 / 2242-6693
Copyright 2015 - Academia Brasileira de Música - www.abmusica.com.br - Todos os Direitos Reservados