​Glauco Velasquez Cadeira n° 37
Fundador João Itiberê da Cunha
     
1° Sucessor Acadêmico atual


Nasceu em Nápoles, Itália, em 22 de março de 1884. Era filho de Adelina Alambary e de seu professor de canto, o tenor português Eduardo Medina Ribas. Na primeira infância, Velasquez foi confiado a uma família italiana, sendo trazido para o Brasil com onze anos, passando por filho adotivo de sua mãe verdadeira, com quem viveu até o fim de sua curta vida. Fez seus estudos musicais no Instituto Nacional de Música com Frederico Nascimento e Francisco Braga.

Suas primeiras composições datam de 1902. Sua música está escrita em linguagem bastante moderna para sua época, razão pela qual alguns críticos viram nela sinais do expressionismo e mesmo tendências ao atonalismo. Seus amigos músicos ficaram tão impressionados com a produção musical deste jovem compositor que, quando de seu falecimento, aos 30 anos de idade, constituíram uma sociedade com o objetivo de difundir sua obra. Pouco antes de seu falecimento, foi feito movimento no sentido de ser obtida bolsa de estudos do governo brasileiro, cujo verdadeiro objetivo seria permitir ao compositor tratar-se em algum centro suíço especializado em tuberculose, doença que provocou sua morte prematura em 21 de junho de 1914, no Rio de Janeiro.

A Sociedade Glauco Velasquez foi fundada em 17 de janeiro de 1915. Entre os admiradores do compositor brasileiro estava o francês Darius Milhaud, que residia no Rio de Janeiro e conheceu a obra de Velasquez através de Luciano Gallet. Milhaud participou, em 1917, como violinista e pianista, de concertos interpretando a música de câmara de Velasquez. Foi também o responsável por completar e apresentar, em 1918, o Trio no4, para violino, violoncelo e piano. Outra obra de Velasquez que ficou incompleta foi a ópera Soeur Beatrice. Escreveu ainda sonatas para violino e para violoncelo, música para piano e canções.
Rua da Lapa, 120/12º andar - Lapa - 20021-180 - Rio de Janeiro - RJ / Brasil
Telefones (55) (21) 2292-5845 / 2221-0277 / 2242-6693
Copyright 2015 - Academia Brasileira de Música - www.abmusica.com.br - Todos os Direitos Reservados