​Francisco Casabona Cadeira n° 17

Nasceu na cidade de São Paulo, em 16 de outubro de 1894. Iniciou os estudos de música no Brasil com Savino de Benedictis. Transferindo-se para a Itália estudou no Conservatório San Pietro a Majella, em Nápoles, onde se diplomou em 1917. Destaca-se, entre seus professores, Alessandro Longo, famoso revisor da obra de Domenico Scarlatti, com quem estudou piano e Giovanni Barbieri, seu professor de composição. Ainda na Itália teve duas óperas de sua autoria encenadas, Godiamo la vita!, em 1917, no Teatro Morgana de Roma, e Principessa dell’atelier, em 1918, no Teatro Bellini, em Nápoles.

Voltando ao Brasil, foi professor do Conservatório Dramático de São Paulo, onde trabalhou por quase 25 anos e do qual foi diretor. Foi um dos fundadores da Sociedade Sinfônica de São Paulo, diretor da Rádio Educadora Paulista, membro do Conselho de Orientação Artística do Estado de São Paulo e destacado participante do movimento do canto orfeônico.

Como compositor escreveu duas óperas, música sinfônica, de câmera, instrumental e vocal. Escreveu três poemas sinfônicos: Crepúsculo sertanejo, de 1916, Nero, de 1915 e Noite de São João, de 1924. Na música de câmara produziu um Quarteto de cordas (1937), uma Sonata para violino e piano (1943), além de obras para piano solo e música vocal.

Faleceu em São Paulo, aos 84 anos, a 24 de maio de 1979.
Rua da Lapa, 120/12º andar - Lapa - 20021-180 - Rio de Janeiro - RJ / Brasil
Telefones (55) (21) 2292-5845 / 2221-0277 / 2242-6693
Copyright 2015 - Academia Brasileira de Música - www.abmusica.com.br - Todos os Direitos Reservados