​Florêncio de Almeida Lima Cadeira n° 24


Nasceu em Rodelas, na Bahia, em 26 de fevereiro de 1909. Transferiu-se para o Rio de Janeiro em 1926 e ingressou na banda do 2º Batalhão de Caçadores de São Gonçalo. Em 1928 tornou-se aluno do Conservatório de Música de Niterói. Aperfeiçoou-se com Paulo Silva e Hostílio Soares. Ingressou no Instituto Nacional de Música em 1932, estudando com Francisco Braga, Paulo Silva, J. Octaviano e Francisco Mignone. Em 1940, fez um curso de regência com o maestro húngaro Eugen Szenkar, titular da Orquestra Sinfônica Brasileira.

Em 1945 ingressou no corpo docente do Conservatório Nacional de Canto Orfeônico. No ano seguinte tornou-se catedrático da Escola Nacional de Música da então Universidade do Brasil, hoje Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Publicou obras didáticas como Elementos fundamentais da música (1948) e Canto Orfeônico no curso secundário (1951).

Regeu como convidado as orquestras Sinfônica Brasileira, do Theatro Municipal e da Escola Nacional de Música. Entre suas obras destacam-se duas sinfonias (1950 e 1952), os poemas sinfônicos Contemplação dos Cimos (1940) e O Rapto do Fogo (1941), o Concertino para trombone (1942), a Sonata para violoncelo e piano (1937), o Trio para violino, violoncelo e piano (1939) e o Quarteto de cordas (1937).

Faleceu no Rio de Janeiro, em 1996.
 
Rua da Lapa, 120/12º andar - Lapa - 20021-180 - Rio de Janeiro - RJ / Brasil
Telefones (55) (21) 2292-5845 / 2221-0277 / 2242-6693
Copyright 2015 - Academia Brasileira de Música - www.abmusica.com.br - Todos os Direitos Reservados