​Euclides Fonseca Cadeira n° 26
Fundador ​Valdemar de Oliveira
     
1° Sucessor Acadêmico atual


Compositor, pianista e professor, Euclides de Aquino Fonseca nasceu em Recife, Pernambuco, em 06 de janeiro de 1854 e faleceu em Olinda, Pernambuco, em 31 de dezembro de 1929. Estudou com Inocêncio Smolz e ocupou o cargo de crítico musical, em jornais e revistas do Recife e de Lisboa. Lecionou na Escola Normal Oficial do Recife, dedicando-se também à composição.

Foi o fundador do Centro Musical Pernambucano e do Orfeão da Escola Normal Oficial. Foi regente da orquestra do Clube Carlos Gomes. Escreveu e publicou em 1925, pela editora do Diário de Pernambuco, o livro Um século de vida musical em Pernambuco.
Compôs em 1888 um Te Deum para comemorar a abolição dos escravos. Sua ópera Leonor foi composta para o Clube Carlos Gomes e estreada no Teatro Santa Isabel de Recife, em 07 de setembro de 1883.

Deixou ainda as óperas Il Maledetto; As Damas d’honor e A Princesa do Catete. Na música orquestral pode ser mencionada a Fantasia para piano e orquestra, a Sinfonia Republicana e a Abertura em dó menor. Os manuscritos das obras de Euclides Fonseca se encontram na Seção de Obras Raras do Instituto Ricardo Brennand, da cidade de Recife, Pernambuco.
 
 
Rua da Lapa, 120/12º andar - Lapa - 20021-180 - Rio de Janeiro - RJ / Brasil
Telefones (55) (21) 2292-5845 / 2221-0277 / 2242-6693
Copyright 2015 - Academia Brasileira de Música - www.abmusica.com.br - Todos os Direitos Reservados