Oneyda Alvarenga Cadeira n° 4
Fundador Oneyda Alvarenga
     
Acadêmico atual


A folclorista e poetisa Oneyda Paoliello de Alvarenga nasceu em Varginha, Minas Gerais, em 06 de dezembro de 1911 e faleceu em São Paulo, em 24 de fevereiro de 1984. Foi discípula de Mario de Andrade no Conservatório Dramático e Musical de São Paulo, onde se diplomou em 1934. Por indicação de Mario de Andrade, em 1935 foi criadora e primeira diretora da Discoteca Pública Municipal de São Paulo. Seu primeiro estudo sobre o folclore foi “Cateretês do sul de Minas”.

Foi fundadora da Sociedade de Etnografia e Folclore de São Paulo, membro da Campanha em Defesa do Folclore Brasileiro e da Comissão Nacional de Folclore, da União Brasileira de Escritores e membro correspondente do International Folk Music Council e da Association Internationale des Bibliothèques Musicales/CIM-UNESCO. Estreou na literatura em 1938 com o livro de poemas “A Menina boba”. Recebeu o Prêmio Fábio Prado, em 1938, pela obra “Música popular brasileira”. Em 1958, recebeu a Medalha Sílvio Romero, por sua produção referente ao folclore brasileiro. Foi a responsável pela edição crítica de diversas obras de Mario de Andrade, publicadas postumamente. Publicou grande quantidade de artigos sobre diversos aspectos do folclore brasileiro.
Rua da Lapa, 120/12º andar - Lapa - 20021-180 - Rio de Janeiro - RJ / Brasil
Telefones (55) (21) 2292-5845 / 2221-0277 / 2242-6693
Copyright 2015 - Academia Brasileira de Música - www.abmusica.com.br - Todos os Direitos Reservados